Quando fazer o tratamento de emergência na piscina?

Fazer o tratamento de emergência na piscina é recomendado quando há alguma contaminação grave na água que pode deixá-la imprópria para o banho. Além disso, o local infectado estará mais propício à disseminação de doenças, prejudicando a saúde e bem-estar de todos os moradores da residência e dos seus convidados. Esse problema pode acontecer com mais frequência caso o local não seja devidamente cuidado e analisado por especialistas.

Quer entender melhor sobre o tratamento de emergência na piscina? Então, continue a leitura do artigo!

Entenda a importância de manter a piscina sempre limpa

Manter uma piscina sempre limpa é fundamental para evitar que a sujeira se acumule e cause transtornos para os banhistas do local, como água turva e algas. Além disso, sem o tratamento adequado, ainda podem surgir micoses na pele.

Por isso, algumas medidas devem ser adotadas, como: instalar uma ducha, cuidar da área externa da piscina, retirar os resíduos em suspensão na água, manter os parâmetros de cloro regulados, verificar o pH e a alcalinidade.

Veja quando é indicado o tratamento de emergência na piscina

O tratamento de emergência na piscina não é algo que é feito no dia a dia, mas apenas em casos específicos e graves. Veja alguns deles a seguir!

Água verde

Esse problema geralmente é causado pela falta de cloro na água, que leva à proliferação de algas e, consequentemente, faz com que a água fique esverdeada. Outros fatores que podem levar a essa situação, é a falta do algicida na piscina, além da alcalinidade e pH fora da faixa ideal.

Espuma

A espuma na piscina pode ser causada por dois problemas distintos:

  • resíduos de bronzeador e protetor solar;
  • uso de limpa bordas com muita espuma, que gera bolhas na água.

Mau cheiro

O mau cheiro pode ser formado pela cloraminas, ou seja, um composto químico que é gerado pela mistura de suor, água, cloro e urina. Esse problema pode acarretar, além do cheiro forte, a insuficiência de cloro na água.

Oleosidade na água

A oleosidade na água é causada por resíduos de filtros solares e protetores, que se desgrudam do corpo na hora do banho de piscina, levando a formação de uma superfície oleosa na água. Para evitar que isso aconteça, é importante tomar uma ducha antes de entrar no local.

Descubra a importância de ter uma empresa especializada para esse tratamento

Ter uma empresa especializada nesse tipo de tratamento é fundamental para manter a água da piscina limpa e evitar que sua família fique sujeita a doenças infecciosas que precisem de orientação médica e uso de medicamentos.

A Aquahome Piscinas pode ajudar você com essa e muitas outras questões para a qualidade da sua piscina.

Entre em contato conosco! Teremos o prazer em melhor atendê-lo!

 

 

Fonte: poolrescue

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.