Reforme sua piscina no inverno para aproveitar o verão!

Quem tem piscina em casa sabe que é necessário manter a manutenção desse espaço de lazer. Mas qual a melhor época do ano para fazer isso? Bom, a chance de você usar a sua piscina no inverno é um pouco menor, então, talvez esse seja o momento ideal de elencar pontos que precisam de uma vistoria, de modo que, quando o verão chegar, você esteja com tudo pronto para aproveitar cada momento.

Se você quer saber a melhor maneira de fazer isso, acompanhe o nosso artigo, depois dele, você certamente ficará ansioso para as mudanças de estações e aguardando cada segundo para o verão.

Antes de tudo, é preciso atentar para algumas dicas importantes, como, qual o tipo da sua piscina e o revestimento. Afinal, a manutenção e reforma de cada tipo de piscina são diferentes. Confira!

Cuidar da piscina no inverno

Não importa se a sua piscina tem aquecedor, as chances de você fazer o uso dela no inverno costumam ser menores. Mas isso não significa que você não precise fazer manutenções periódicas, afinal, até porque, quando a temperatura aumentar, você certamente vai querer aproveitar. E se ela estiver limpa e higienizada, vai ser melhor ainda. Por isso, não se esqueça de pontos importantes, como:

  • Medir a alcalinidade, pH e cloro pelo menos duas vezes por semana;
  • Fazer a decantação da água;
  • Filtrar a água por no mínimo 8 horas;
  • Aspirar, escovar e peneirar resíduos;
  • Capa de proteção.

Além disso, se você está pensando em fazer pequenas reformas, esse também é o melhor momento. Quer mais dicas? Veja aqui.

  • Estrutura

Se você tem uma piscina e ela possui rachaduras, infiltrações ou algum outro defeito que possa prejudicar ou colocar a segurança dos banhistas em risco, certamente é hora de rever isso e por a mão na massa.

Para que você possa ter mais garantia na reforma, independente se a sua piscina é de azulejo ou de fibra de vinil, conte com um profissional qualificado para avaliar o problema e mais do que isso, utilize materiais que mantenham a estrutura boa por mais tempo.

  • Revestimento de azulejo, cerâmica ou pastilhas

E o revestimento da sua piscina, como está? Se a sua piscina tem revestimento desgastado ou antigo, é hora de dar aquela caprichada para deixar a área de banho mais segura e com um aspecto mais bonito.

Caso as pastilhas ou azulejos estiverem quebrados, saiba que é muito importante cuidar disso, afinal, isso gerar cortes e mais, esse material quando quebrado ou solto não pode ser substituídos. É necessário remover as pastilhas, azulejos ou cerâmicas antigos, repetir o processo de impermeabilização da piscina e só depois da secagem é que se pode aplicar um novo revestimento.

Agora, se você realmente está pensando em fazer essa troca e quer uma dica, aposte em um revestimento moderno, as famosas pastilhas de vidro, esse tipo de material, além de ser esteticamente bonito, é ótimo para a limpeza.

  • Rejunte

Se o revestimento da sua piscina não está danificado, ótimo, neste caso você precisa apenas fazer a manutenção e a limpeza do rejunte. Para que ela seja efetiva, a limpeza deve ser minuciosa, recomenda-se então a contratação de um especialista, uma vez que é necessário o uso de uma ferramenta especial para abrir as juntas e aplicação do novo rejunte em epóxi, material usado por sua maior durabilidade.

  • Piscina de fibra

Não é só a piscina de cerâmica que sofre com o tempo, a piscina de fibra também precisa de cuidados. Para isso, lixe a superfície da fibra para deixá-la lisa e posteriormente polir e deixar a fibra como nova. Se o problema for só o desgaste da cor, basta que você pinte a fibra e para isso, o ideal é utilizar um compressor.

  • Entorno

E a área externa? Independente de qual seja o material utilizado, certifique-se que sejam duradouros. Além disso, esteja sempre atento caso precise de pequenas reformas.

 

Gostou das dicas acima? Acompanhe nossas notícias!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.