Tratamento de piscina com ozônio

tratamento piscina ozônio

 

O tratamento da piscina com ozônio é uma forte tendência, atualmente. Portanto, os sistemas de tratamento de água por ozônio baseiam-se na alta capacidade de oxidação maior do que a do cloro, o que elimina de forma muito rápida os micro-organismos, inclusive os vírus. Em meio ácido, apenas o flúor e certos radicais livres possuem uma capacidade maior de oxidação.

As piscinas são reservatórios potenciais de micro-organismos patogênicos, que são introduzidos pelas pessoas que as utilizam. Então, a água contaminada pode ser o veículo de micro-organismos que causam doenças como diarreia, infecções da pele, de ouvido e vias respiratórias.

Atualmente existe um grande número de opções para o tratamento da água e todos com um único objetivo, eliminar todos os micro-organismos que podem estar na água da piscina, até que ela fique com uma qualidade excelente para o banho dos usuários.

Por isso, vamos falar um pouco sobre o tratamento da água com ozônio.

O que é o ozônio?

O ozônio (O3) vem a ser um gás instável composto por três átomos. Produzido naturalmente na estratosfera – a camada acima da superfície terrestre. Para simplificar, podemos resumi-lo como um gás azulado, gerado por meio do oxigênio, o mesmo que respiramos.

Dentre as características desse gás, além dele ser o germicida mais potente que existe, podemos destacar:

  • O ozônio  pode ter sua formação a partir do ar ambiente;
  • Ele é um oxidante super potente;
  • Elimina bactérias e fungos;
  • Também elimina leveduras;
  • O ozônio elimina protozoários e vírus;
  • Sua molécula se decompõe em oxigênio sem deixar resíduos.

Potencial do tratamento de piscina com ozônio

Vamos destacar alguns pontos cruciais que certamente irão mudar a forma com qual você fez o tratamento da água ao longo desses anos. Lembrando que, haverá uma necessidade de um teor mínimo do cloro para efetivar a proteção, mas a ação do ozônio certamente vai te surpreender.

  • O ozônio é extremamente mais potente para eliminar os micro-organismos nocivos a saúde, conseguindo superar em 100 vezes a eficiência do cloro;
  • Também age 3120 vezes mais rápido que o cloro, agilizando assim o processo para a limpeza da piscina;
  • Ele não irrita os olhos e nem resseca o cabelo;
  • Todo o sistema e transferência do ozônio é ecologicamente correto, afinal, sua única matéria prima é o ar e libera o este mesmo gás como resíduo;
  • O sistema de tratamento da piscina, ecologicamente correto, pois o índice de energia consumido se torna baixíssimo;
  • O tratamento com gás não desbota a roupa dos usuários.

Agora que você conhece os bons motivos para usar o ozônio no tratamento da água da sua piscina, está esperando o quê para fazer esse investimento? Entre em contato conosco e teremos o prazer em ajudá-lo!

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.